Realmente, eu vivo
num tempo sombrio.
A inocente palavra é um despropósito.
Uma fronte sem ruga demonstra insensibilidade.
Quem está rindo é porque não recebeu ainda
a notícia terrível.
(Bertholt Brecht)