Que arda em nůs
tudo quanto arde
e que nos tarde a tarde.
(Olga Savary)