A bestialidade humana
é a única coisa
que pode dar idéia do infinito.
(Ernest Renan)