A máquina do mundo é complexa demais para a simplicidade do homem.
(Jorge Luis Borges)